6 – A festa universitária como prática fomentadora de valores na organização: as Economiadas à luz da Ergologia*

RIGS: Revista Interdisciplinar de Gestão Social, v. 8, n. 2, p. 115-139, ago. 2019.

As Economíadas são o maior evento esportivo entre as melhores faculdades de Administração e Economia de São Paulo. Dada a complexidade envolvida na sua realização, elas oferecem uma oportunidade para que os alunos, responsáveis pela sua preparação anual, apreendam, de fato, uma vivência organizacional. Assim, haja vista que entre as principais habilidades demandadas pelas organizações está o bom relacionamento interpessoal, este artigo se propôs a analisar como as Economíadas podem se configurar como uma prática fomentadora de valores considerados essenciais nas relações de trabalho. Para tanto, foram adotados pressupostos ergológicos e a abordagem etnográfica, mediante a observação participante e a gravação dos depoimentos de dois organizadores da edição de 2017. No estudo, verificou-se que, mais do que atender a prescrições generalizantes para a promoção das Economíadas, somente por meio da mobilização dos valores dos atores sociais, no exercício da sua subjetividade e singularidade, é que as finalidades propostas puderam ser não apenas viabilizadas, como também superadas. Palavras-chave: festas universitárias; Economíadas; Ergologia; debate de valores; afetividade.

6 – A festa universitária como prática fomentadora de valores na organização: as Economiadas à luz da Ergologia*